EnglishPortuguese

Como deve ser feita a manutenção dos equipamentos contra incêndio?

Tempo de leitura: 3 minutos

Mais importante do que instalar um sistema contra incêndio, é fazer a sua correta manutenção. Afinal, é crucial conservar o equipamento para evitar a sua depreciação.

Além de que, a manutenção dos equipamentos de combate a incêndio é uma exigência das Instruções Técnicas do Corpo de Bombeiros, e deve ocorrer obrigatoriamente a cada três meses.

Dessa forma, para manter o estado de conservação do equipamento corretamente, é recomendável procurar uma empresa especialista em engenharia contra incêndios que oferece o serviço de manutenção. Neste artigo falaremos sobre isso.

Quais os equipamentos que devem ser submetidos para manutenção?

Antes de mais nada é preciso destacar que o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) obriga a instalação de sistemas de combate a incêndios, tanto em condomínios residenciais, quanto em estabelecimentos comerciais.

Esse documento necessita de um trâmite burocrático para atender às normas técnicas para que seja expedido. Inclusive, para conseguir um AVCB é crucial submeter uma série de documentos para análise técnica da cidade em que o empreendimento está localizado.

Uma vez que os equipamentos estão todos em ordem, é então expedido o AVCB. Todavia, o trâmite não termina aí! É necessário, dessa forma, fazer a verificação e manutenção dos seguintes equipamentos:

  • alarmes e detecção de fumaça;
  • extintores de incêndio;
  • hidrantes;
  • chuveiros automáticos;
  • iluminação de emergência;
  • cortinas d’água;
  • sinalização de emergência;
  • pressurização de escada de emergência;
  • portas corta-fogo.

Qual a periodicidade da manutenção de equipamentos contra incêndio?

De acordo com o item 10.6 da norma da ABNT, a NBR 17240/2010, a manutenção deve ser realizada trimestralmente, ou em alguns casos, até mesmo todos os meses. Todavia, em situações de emergência ela também se faz necessária.

Por isso, a manutenção preventiva deve receber prioridade, uma vez que ela permite que seja feita uma análise no estado dos produtos e forneça as peças e dispositivos necessários.

É importante destacar que essa manutenção só pode ser feita por profissionais qualificados com autorização para efetivar o serviço nessa área.

Tais profissionais precisam compreender todo o mecanismo de funcionamento dos sistemas de prevenção e combate a incêndio, e então identificar as falhas e otimizar o uso delas.

Lembrando que os encarregados pela manutenção precisam observar quais são as condições de uso, e então no final da análise elaborar um relatório com todos os resultados da vistoria.

Necessidade de um levantamento detalhado

É preciso destacar que a manutenção precisa acontecer mediante um levantamento detalhado, juntamente com uma análise de um pré-laudo AVCB.

Vale reforçar que a manutenção preventiva garante mais segurança e tranquilidade para todos os envolvidos, e também ajuda na redução de custos, visto que diminui a quantidade de manutenções corretivas, bem como a interdição no imóvel.

Isso sem dizer que a Lei Complementar 420/1998 determina que os equipamentos passem por uma manutenção preventiva para que sejam mantidos em boas condições de conservação e funcionamento.

No entanto, é preciso não confundir o estado de conservação com a garantia que é oferecida pelos fabricantes dos produtos. Até mesmo porque durante a vistoria, a data de validade é verificada, e se necessário deve-se substituir os equipamentos.

Quais as vantagens de agendar sua manutenção?

Agendar a manutenção dos equipamentos contra incêndio apresenta várias vantagens significativas, que vão desde a segurança aprimorada até a economia de recursos. Aqui estão algumas das mais notáveis:

Segurança garantida

A manutenção regular garante que todos os dispositivos e sistemas de combate a incêndio estejam em pleno funcionamento, prontos para serem ativados em caso de emergência. Isso proporciona uma sensação de segurança para todos os ocupantes do prédio.

Conformidade com a lei

Como mencionado anteriormente, a manutenção dos equipamentos contra incêndio é uma exigência legal. Ao agendar regularmente a manutenção, você garante que está em conformidade com as leis e regulamentos locais, evitando possíveis multas ou penalidades.

Prevenção de danos maiores

A manutenção preventiva pode detectar problemas menores antes que eles se transformem em grandes problemas, evitando avarias ou defeitos que poderiam levar a um incêndio, resultando em danos significativos ao prédio e seus ocupantes.

Economia de custos

Embora a manutenção tenha um custo, ela pode resultar em economia a longo prazo. Equipamentos de combate a incêndio bem mantidos têm uma vida útil mais longa, o que significa que você terá que substituí-los menos frequentemente.

Além disso, a prevenção de incêndios por meio de manutenção regular pode evitar custos de reparo potencialmente significativos.

Menos Interrupções

Equipamentos de combate a incêndio que funcionam corretamente são menos propensos a causar alarmes falsos, o que pode ser perturbador e levar a evacuações desnecessárias.

Além disso, quando bem mantidos são menos propensos a falhar em caso de um incêndio real, o que poderia levar a evacuações prolongadas e possivelmente a fechamentos de edifícios.

Melhora a eficiência do equipamento

A manutenção regular pode ajudar a garantir que seus equipamentos de combate a incêndio estejam funcionando da maneira mais eficiente possível.

Isso não apenas garante que eles estarão prontos quando precisarem, mas também pode reduzir o uso de energia e outros recursos.

Como se pode ver, a manutenção preventiva de equipamentos contra incêndio, não só é obrigatória, como também traz inúmeras vantagens para o seu negócio.

E para ter a certeza de que ela está sendo realizada da melhor forma possível, é necessário contar com uma boa consultoria com profissionais qualificados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curtiu o conteúdo? Compartilhe!

Mais lidos

Inscreva-se em
nosso blog!

Inscreva-se em nosso blog!

Se cadastre em nossa Newsletter e tenha acesso em primeira mão, a todas as novidades do nosso blog!

Veja também

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.