EnglishPortuguese

5 dicas sobre gestão de imóveis para empresas que estão em processo de expansão

Tempo de leitura: 3 minutos

Crescer é o sonho de todos os empreendedores e acionistas, e há quem diga que é o único caminho admissível. A expansão dos negócios vinculado à estratégia de abertura de novas lojas está no plano estratégico de inúmeras empresas, contudo, ao encarar um processo de expansão diversos pontos de atenção precisam ser seguidos. 

Mobilizamos nossa equipe especializada em expansão de lojas para compilar neste artigo 5 dicas sobre gestão de imóveis para empresas que estão em processo de expansão.

Tenha uma ótima leitura!


Um levantamento feito recentemente pelo Valor mostra que os investimentos de 15 empresas de capital aberto somaram R$1,9 bilhão de janeiro a março. O montante é 35% maior do que o verificado no início de 2019, ano anterior à COVID19, quando o valor foi de R$1,4 bilhão.

Então se você faz parte desse ecossistema, preste bastante atenção nas dicas que vamos listar abaixo:


#1 Os atalhos não valem a pena.

Não é raro ver empresas com crescimento muito acelerado que não estruturam processos com uma equipe que suporte. O crescimento e a abertura de novos pontos de vendas trazem efeitos colaterais difíceis de serem solucionados no médio prazo.

Os atalhos otimizam algumas vezes as aberturas dos pontos, mas as consequências podem gerar impactos para a gestão desses ativos.

Sempre quando uma etapa é desconsiderada, ela pode desencadear uma série de atrasos até o processo de abertura de uma nova loja, e, por mais que não impacte diretamente na abertura dentro do cronograma estabelecido deixará problemas que deverão ser corrigidos de forma mais lenta.

Um grande exemplo disso é observado no varejo, que tem uma pressão por expandir rapidamente. Recentemente um grupo que estava há anos em um processo acelerado de abertura de novas lojas chegou até a PMC solicitando a implementação da gestão de documentos legais que já havia impactado a companhia, ocasionando multas, interdições, tributos em aberto gerando juros, além de prejuízo na imagem.

É aquele ditado: o barato sai caro.


#2 Envolva todas as equipes, até mesmo os stakeholders mais distantes.

No processo de expansão de uma empresa, diversos setores são impactados e todos precisam trabalhar em conjunto. Evidentemente, setores como o de engenharia, que fica responsável pelas obras, é peça fundamental para o projeto.

Porém, outros setores de apoio precisam trabalhar em linha de produção para assegurar que todas as etapas sejam cumpridas sem a possibilidade de ocorrência de falhas que comprometam o projeto.

Todos precisam caminhar juntos tendo em vista um só objetivo.


#3 Cuidado com a curva de aprendizado.

Alguns processos são chaves na hora expandir, como selecionar os melhores imóveis que atendam a legislação, confeccionar os estudos para a implantação, obter as licenças, gerenciar a obra etc.

Ocorre que internalizar pode ser uma opção, contudo, a curva de aprendizado pela falta de know how pode custar muito tempo e dinheiro. Contar com parceiros estratégicos pode ser uma solução para dar um boost nos planos de expansão.


#4 Tenha uma governança clara.

Uma boa gestão e transparência e eficiência nas estratégias da gerência empresarial são indispensáveis para que o processo de expansão ocorra sem dor de cabeça. Registrar, controlar e analisar políticas internas é indispensável para a segurança de todos os envolvidos.

Quanto maior o controle sobre a cadeia produtiva envolvida nos processos, melhor será o resultado!


#5 Use a tecnologia como a sua principal aliada.

Todos os setores foram fortemente impactados pela tecnologia nos últimos anos, em grande parte ela veio para solucionar diversos problemas. Cabe à empresa buscar as melhores opções de mercado para que facilite o trabalho, a resolução de um problema ou a execução de uma tarefa específica.

Ter softwares que controlem tarefas executadas em ferramentas não apropriadas diminui muito o tempo empregado pelas equipes para a gestão.

Para controlar as etapas desde a fase de estudo até a emissão de todos os documentos e obrigações legais, dê uma olhada nesse vídeo do PropertyDocs.


Conclusão

5 dicas sobre gestão de imóveis para empresas que estão em processo de expansão que, quando aplicadas de forma bem estruturadas, facilitam muito a esteira. São pontos que todo profissional de expansão deve se atentar para garantir o sucesso e a efetividade da estratégia.

Fazer a gestão dos imóveis de uma empresa em pleno processo de crescimento é um grande desafio, mas o uso das melhores práticas e ferramentas facilita bastante o trabalho.

Expansão é sinônimo de sucesso e bons resultados!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Curtiu o conteúdo? Compartilhe!

Mais lidos

Inscreva-se em
nosso blog!

Inscreva-se em nosso blog!

Se cadastre em nossa Newsletter e tenha acesso em primeira mão, a todas as novidades do nosso blog!

Veja também

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.