EnglishPortuguese

A aceleração do uso de tecnologia no mercado de CRE

Tempo de leitura: 3 minutos

O uso da tecnologia foi extremamente acelerado em todos os segmentos do mercado devido a pandemia de COVID19. No setor de CRE não foi diferente! Diversos processos foram automatizados e desburocratizados, e o uso das soluções tecnológicas dentro desse segmento tendem a crescer muito mais nos próximos anos.

A seguir o Eledio Junior, Chief Technology Officer na PMC, vai te explicar o que são as Construtechs e Proptechs, como elas atuam, o crescimento que tiveram nos últimos anos e a importância que a tecnologia terá para o desenvolvimento de novas soluções para o setor de CRE. Ótima leitura!


O que são Construtechs e Proptechs?

As empresas Construtechs e Proptechs são startups que atuam no mercado imobiliário e por meio do uso da tecnologia agilizam processos e reduzem os custos em todas as etapas de um empreendimento imobiliário e com isso, estão conseguindo evoluir um mercado que apresentava certa resistência no uso de tecnologia.

Essa transformação digital em todas as pontas do mercado imobiliário — se iniciando na etapa da escolha do terreno, passando pela construção, administração e chegando até a forma que se utilizam as propriedades — permitiu que as empresas alcançassem resultados muito mais relevantes em seus negócios.

Todos os setores da economia precisaram se modernizar e inovar nos últimos anos, e o segmento imobiliário não foi exceção. Empresas, mesmo as mais tradicionais e familiares, foram obrigadas a acelerar o processo de digitalização adotando o uso de novas tecnologias e modernizando suas operações.

Um dos exemplos mais recentes foi a restrição ao atendimento presencial por conta do distanciamento social, que substituiu as visitas aos imóveis por experiências em ambientes virtuais, que com o uso de realidade virtual e aumentada, proporcionam a mesma experiência de “vivência” nas propriedades.

Essa praticidade possibilitou aos compradores fazerem dezenas de visitas “remotas” em um mesmo dia e deu aos vendedores a possibilidade de atender centenas de clientes a partir de uma única ida ao local que pretendem vender ou alugar.

O crescimento das startups desse setor nos últimos anos.

O crescimento desse setor vem sendo bastante expressivo no Brasil, o Mapa das Construtechs e Proptechs 2021 indica que hoje existem 839 startups ativas no país, um aumento de 235% nos últimos 5 anos, e apenas ano passado (2020) o volume de investimentos nesse segmento cresceu 274%. Isso deixa bem claro que essa vertical de startups de tecnologias voltadas aos mercados imobiliário e de construção é uma das mais relevantes do país.

As mudanças promovidas por essas startups vão muito além de meramente a digitalização de rotinas, e além de já se mostrarem extremamente necessárias para o mercado atual, fazem parte de um futuro que está cada vez mais próximo: as “smart cities” (conceito de cidades inteligentes que utilizam tecnologias como: internet of things, machine learning e data science para melhorar a qualidade de vida dos seus cidadãos).

O fato é que estamos vivenciando apenas o começo disso tudo, e a cada dia será mais comum vermos startups desse segmento surgindo e se tornando conhecidas do grande público. Algo parecido ao que aconteceu com Quinto Andar e a Loft, por exemplo. Em paralelo também teremos empresas tradicionais investindo nesse movimento de transformação digital. Algumas tentando fazer internamente e outras investindo nessas startups.

Como a PMC está se preparando para o futuro?

Nós da PMC, acompanhando essa tendência, criamos em 2020 a PropertyTech, nossa empresa de tecnologia voltada ao mercado imobiliário. Recentemente lançamos o seu primeiro produto — o PropertyDocs — um software completo criado para simplificar a gestão de documentos regulatórios a um preço acessível. 

Se você quiser conhecer mais sobre essa solução e como a PMC está se preparando para o futuro com as transformações tecnológicas, clique aqui e converse com um dos nossos especialistas!

Um forte abraço e até breve!

Eledio Junior

Autor:

Eledio Junior

Chief Technology Officer

Rúbia Gulis

Coordenadora de Processos

Rúbia Gulis

Coordenadora de Processos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Curtiu o conteúdo? Compartilhe!

Mais lidos

Inscreva-se em
nosso blog!

Inscreva-se em nosso blog!

Se cadastre em nossa Newsletter e tenha acesso em primeira mão, a todas as novidades do nosso blog!

Veja também

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.