EnglishPortuguese

A aposta do varejo para 2022 é no Omnichannel!

Tempo de leitura: 5 minutos

A pandemia de COVID19 causou mudanças bruscas em todos os setores do mercado, alterando os hábitos de consumo das pessoas. Isso tornou o público ainda mais exigente e imediatista, buscando sempre facilidade no processo de compra.

Para conseguir atender essa e outras vontades do mercado, o varejo teve que acelerar algumas mudanças e achar alternativas para estar sempre próximo do seu cliente e pronto para atendê-lo da melhor forma possível, independente do canal por qual essa relação está acontecendo.

Essa atuação Omnichannel se tornou extremamente importante nesse período de pandemia, e se mostra como a principal tendência dos próximos anos para diversos setores, principalmente para o varejo.

No artigo de hoje, nós vamos falar sobre como essa atuação em diversos canais é essencial para as empresas do varejo e como algumas empresas já estão atuando nessa forma.


O ano era 2020, sendo mais específico mês de março. O mercado começava a se aquecer após o carnaval e as perspectivas eram as melhores. Porém, ninguém esperava que aconteceria algo que iria impactar a vida e a economia do mundo todo: uma pandemia. O COVID19 nos fez criar hábitos, mudou processos e acelerou tendências que achávamos que demorariam mais alguns anos para vermos as empresas adotarem.

Claro que todos os segmentos de mercado foram de alguma forma afetados e tiveram que se adaptar, mas com toda certeza o varejo popular foi um dos setores que tiveram grandes desafios a serem superados. Digo isto pois esse mercado tem como uma das principais características do negócio o atendimento presencial. Para eles receber o público dentro do estabelecimento é essencial para o processo.

Uma das perguntas que surgiram nesse período foi: em qual modelo de negócio devo focar para se manter relevante dentro do mercado: físico ou digital? A resposta é: os dois! A aposta do varejo para o ano de 2022 é no omnichannel.

O varejo apostando na estratégia omnichannel:

A reabertura das lojas físicas depois do período mais crítico da pandemia trouxe esperança ao setor do varejo, mas o crescimento no longo prazo ainda é uma dúvida constante. Os varejistas tiveram que lutar para adaptar o mais rápido possível as suas operações fazendo investimentos em logística e transporte para garantir o pleno atendimento da demanda.

Muitas empresas do setor estão em uma verdadeira corrida para se estruturarem de forma a adaptar suas operações ao novo padrão de consumo.

O avanço da vacinação contra a COVID19, e como consequência a flexibilização das restrições para as atividades comerciais, estão contribuindo para que os consumidores retomem as compras nas lojas físicas.

Isso deixa claro que é o momento de as empresas apostarem na estratégia omnichannel, unindo as forças dos pontos de vendas físicos com o online – que se mostrou como a salvação para muitas empresas que ainda não acreditavam que esse canal de vendas poderia ser mais bem explorado -, garantindo o bom atendimento em todos os pontos de contato com o público.

O marketing multicanal tem como objetivo divulgar uma mesma campanha em diferentes plataformas, atingindo o máximo de consumidores, ampliando e divulgando em diferentes formatos, sejam eles físicos ou virtuais. Isso acaba gerando mais reconhecimento de marca e, principalmente, vendas.

Diferença entre a estratégia multichannel e omnichannel, essa última sendo a aposta do varejo para 2022.
Fonte: GetVoip

Empresas que adotaram essa estratégia:

Diversas empresas do varejo já faziam esse movimento antes mesmo da pandemia, mas algumas começaram a fazer essa adaptação a partir de 2020.

Abaixo temos exemplos de empresas que atuam de forma consistente no meio digital e que possuem lojas físicas em diversas regiões do país.

– MadeiraMadeira:

Um dos grandes novos players do varejo que tem apostado fortemente em associar o ambiente digital com o físico é a MadeiraMadeira, que apenas em 2021 abriu 91 lojas em todo o país e pretende manter esse ritmo em 2022.

A empresa optou por não fazer o estoque junto das lojas, mas sim em locais próximos, podendo assim fazer uma melhor ambientação do lugar, proporcionando uma experiência de compra mais interativa para o consumidor.

Foto da primeira loja da MadeiraMadeira, empresa que atua de forma omnichannel no varejo.
Primeira loja física da MadeiraMadeira | Divulgação

Pernambucanas:

Outra grande empresa que adotou essa estratégia é a também varejista Pernambucanas. Em outubro de 2021 ela inaugurou as primeiras lojas físicas da Pefisa, que é uma fintech e o braço financeiro da empresa. O objetivo dessas lojas é oferecer um atendimento ao cliente ajudando-o no processo de abertura de contas digitais.

Foto de uma das primeiras lojas da Pefisa, que começa a atuar de forma omnichannel no varejo popular.
Uma das primeiras agências da Pefisa | Divulgação

– Agi:

Continuando na linha das instituições financeiras, uma empresa que possui uma proposta digital, mas que tem investido fortemente na presença física, é o Agi. O plano do grupo é chegar a ter 2 mil lojas abertas até o ano de 2026. Hoje o Agi possuí 820 lojas físicas espalhadas pelo país, todas em cidades que possuem mais de 100 mil habitantes.

Foto do interior de uma das agências do Agi, instituição financeira que atua  de forma omnichannel.
Agência Agi | Divulgação

A praticidade do atendimento online, aliada com a customização do atendimento presencial.

A jornada de compra do cliente em mais de um canal é uma grande tendência mundial e representa uma nova fase de adaptação para as empresas, sobretudo, em manter a customização dos atendimentos, sejam eles nos pontos de contato nas lojas físicas ou nas interações via web.

A importância de uma consultoria imobiliária no processo de expansão

Como as lojas físicas são uma parte indispensável para a estratégia de omnichannel, o processo de abertura de novos pontos de venda é crucial para o sucesso das operações.

Sabemos que nessa jornada de expansão existem diversas etapas recheadas de burocracia e particularidades, e contar com o apoio de uma consultoria especializada e qualificada vai evitar dores de cabeça e prejuízos financeiros.

Venha conversar com um dos nossos consultores da PMC, e entenda como nós atualmente ajudamos diversas empresas no processo de expansão das suas unidades de negócio e como muitas delas fortificam a sua estratégia de atuação omnichannel.

Clique aqui e converse com nosso consultor!

Imagem com link para falar com nosso consultor e entender como a PMC pode te ajudar na expansão do negócio e na atuação omnichannel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Curtiu o conteúdo? Compartilhe!

Mais lidos

Inscreva-se em
nosso blog!

Inscreva-se em nosso blog!

Se cadastre em nossa Newsletter e tenha acesso em primeira mão, a todas as novidades do nosso blog!

Veja também

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.