EnglishPortuguese

O que são as Proptechs e como elas evoluíram os processos no setor de RE

Tempo de leitura: 4 minutos

Muito se fala sobre a tecnologia estar cada vez mais presente no nosso dia a dia. A ideia que tínhamos do futuro 40 anos atrás – robôs mordomos e carros voadores eram os mais esperados – tem estado cada vez mais perto de se tornar uma completa realidade.

Ainda não temos carros voadores, mas já temos carros elétricos. Os robôs mordomos facilmente se encaixam nos dispositivos de assistente pessoal.

Porém, essa expectativa tecnológica sempre foi projetada em cima de conceitos utópicos. Quem imaginaria, em plenos anos 80 que a digitalização das instituições bancárias impactaria completamente a forma como utilizamos o dinheiro – ou melhor, em como não usamos mais? Ou então, que não precisaríamos mais administrar documento algum via papel novamente?

A evolução da tecnologia é exponencial. Isso tem tornado todas as nossas tarefas e rotinas mais fáceis. E não somente na vida pessoal, como na profissional.

Como por exemplo no ramo imobiliário, muitas Proptechs e Construtechs surgiram nos últimos anos devido a esse fator. De acordo com o Mapa das Construtechs e Proptechs 2021, só nos últimos 5 anos, houve um aumento de 235% no número de Proptechs no Brasil.

Mas o que são Proptechs?

As Proptechs são as startups voltadas para o ramo imobiliário que atuam através da tecnologia para trazer inovação. Em resumo, elas possuem o objetivo de tornar todos os processos relacionados a real estate mais simples, fáceis e eficientes.

 A inovação vem não somente para os proprietários e administradores, mas também para aqueles que alugam os locais. Tem se tornado muito comum aplicativos dentro de condomínios que possibilitam a execução de diversas funções.

Na imagem abaixo é possível identificar a composição que dá origem ao termo.

Composição dos termos que deram origem ao nome e explicam o que são Proptechs.
Fonte: PMC

Aqui, quando falamos de tecnologia, pode se tratar de qualquer uma que se aplique ao mercado em questão: visualização de dados, inteligência artificial, impressão 3D, automação, virtualização de arquivos e várias outras.

E muito mais do que simplesmente apresentar tecnologia para as empresas, as Proptechs também remodelam os modelos de negócios tradicionais, tornando-os muito mais eficientes.

De acordo com uma pesquisa feita pela Catapult, mais de 50% das Proptechs são focadas em vendas e leasing – similar ao nosso aluguel. Existe um enorme gap, principalmente no Brasil, nas Proptechs que apostam na gestão das propriedades. Ainda é muito comum encontrar grandes empresas gerindo suas licenças e documentações por métodos já ultrapassados – como planilhas.

Felizmente já existem tecnologias para suprir todas essas necessidades do ramo de real estate, e em seguida falaremos sobre um conjunto delas: o GED.

Gerenciamento eletrônico de documentos

O gerenciamento eletrônico de documentos (GED) é um sistema usado para receber, enviar, armazenar e acompanhar alterações de documentos.

Ciclo do gerenciamento eletrônico de documentos.
Fonte: PMC

Com a implementação do GED é possível lidar com todos os fatores que precisamos encarar no dia a dia por estar vivendo em uma sociedade cada vez mais digitalizada. Com esse avanço tão expressivo da digitalização, não só as empresas por si, mas grande parte das pessoas tem mais consciência sobre a importância dos dados, qualidade e segurança, pontos quais são facilmente impactados por processos antes feitos manualmente.

Como se adequar a digitalização de documentos

Entretanto, há muita resistência ainda devido ao costume com os métodos tradicionais. Naturalmente as pessoas têm dificuldade para se adaptar a novas tecnologias. Mas, uma vez que as vantagens ficam claras para o usuário, em pouco tempo a adaptação se torna simples.

Uma Proptech que está há pouco tempo no mercado é a PropertyTech, que faz parte do grupo PMC, responsável pelo PropertyDocs, um dos poucos sistemas de gestão de documentos voltado principalmente para a regularização de imóveis. Grandes empresas têm feito uso da ferramenta devido à facilidade proporcionada para a digitalização de documentos.

O uso de ferramentas do gênero traz diversas vantagens, como por exemplo:

– Aumento de produtividade, uma vez que não é mais necessário ter ciência de cada prazo de vencimento dos documentos, já que as ferramentas são automatizadas para tal;

– Segurança da informação e dos dados, pois os documentos ficam armazenados nos servidores em nuvem mais seguros que existem;

– Corte de custos, considerando que não haverá mais necessidade de infraestrutura uma vez que a ferramenta seja web;

– Facilidade na adaptação do time, pois as ferramentas são feitas pensando exclusivamente no público que fará a gestão.

E diversas outras.

O mercado para as PropTechs

Apesar de o mercado para as PropTechs no Brasil estar em alta, ainda tem muito a ser explorado. De acordo com uma pesquisa da Distrito, o setor levantou US$ 845 milhões em 13 rodadas de investimento no ano passado.

O grupo PMC já está ativo dentro do mundo das Proptechs, e é através do PropertyDocs! Inclusive, temos um artigo aqui no nosso blog onde apresentamos brevemente o sistema e o nosso Programa de Parceiros, onde você pode indicar empresas para utilizarem o sistema ou revendê-lo, ganhando sempre uma porcentagem em cima da venda/indicação realizada. Se tiver interesse, basta clicar aqui que será direcionado para o artigo.

As PropTechs ainda vão revolucionar muito mais o setor de Real Estate. E você, está pronto (a) para participar dessa mudança?

Autora:

Bruna Stall

Product Owner at PropertyDocs | IT Analyst at PMC

Bruna Stall

Product Owner at PropertyDocs | IT Analyst at PMC

Bruna Stall

Product Owner at PropertyDocs
IT Analyst at PMC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Curtiu o conteúdo? Compartilhe!

Mais lidos

Inscreva-se em
nosso blog!

Inscreva-se em nosso blog!

Se cadastre em nossa Newsletter e tenha acesso em primeira mão, a todas as novidades do nosso blog!

Veja também

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.