EnglishPortuguese

Saiba quais empresas precisam de um Laudo Técnico de Avaliação (LTA)

Tempo de leitura: 3 minutos

Qualquer organização precisa atuar dentro das exigências legais, atendendo diversos requisitos. Na área de saúde não é diferente. E um dos documentos mais importantes nessa área é o Laudo Técnico de Avaliação (LTA).

De modo geral, esse é um processo que descreve tecnicamente a edificação e funcionamento de uma empresa que será fiscalizada e analisada pela vigilância sanitária.

O seu principal objetivo é adequar as edificações e instalações de empreendimentos ligados à área da saúde, bem como aprimorar os procedimentos para dar mais transparência ao processo. Neste artigo vamos falar mais sobre o assunto.

O que é o Laudo Técnico de Avaliação (LTA)?

O LTA é um documento necessário para que um estabelecimento ligado à área da saúde funcione de acordo com as normas legais exigidas.

Dentre os segmentos que necessitam do documento estão os fabricantes de medicamentos, insumos farmacêuticos, cosméticos, clínicas médicas, odontológicas e até mesmo de estética.

Em resumo, o documento expressa a decisão do órgão de vigilância sanitária competente sobre a avaliação física dos projetos de edificação bem como os seus complementos.

É através desse laudo feito por meio de projetos e memoriais que a empresa é avaliada pela Vigilância Sanitária que observa os critérios e parâmetros para emitir o alvará da empresa.

Por que a LTA é tão importante?

A LTA é importante porque é por meio dela que a Vigilância Sanitária vai averiguar a adequação física e funcional da estrutura e dos fluxos, conforme as legislações vigentes.

De modo geral, a organização que precisa solicitar a Licença Sanitária tem que ter antes o Laudo Técnico de Avaliação aprovado pela Vigilância Sanitária.

Esse é um pré-requisito para a obtenção da licença. Se for preciso fazer uma adequação, então uma nova avaliação do projeto será realizada após os ajustes.

Qual o objetivo da LTA?

O principal objetivo do Laudo Técnico de Avaliação é evidenciar que o estabelecimento atende às normas da Vigilância Sanitária.

Conforme antecipamos, isso é feito por meio de projetos, memoriais e estudos, e até mesmo pela análise do uso que é feito do edifício, bem como o seu modo de funcionamento.

Quais são os documentos exigidos?

Para que seja emitido o Laudo Técnico de Avaliação (LTA), é necessária a apresentação de alguns documentos. São eles:

  • Descrição das tarefas executadas no estabelecimento;
  • Requerimentos e Formulários devidamente preenchidos;
  • Registro de Responsabilidade Técnica;
  • Memorial descritivo da atividade;
  • Memorial descritivo do projeto;
  • Cópia do comprovante de Abastecimento de Água e Coleta de Esgoto Público;
  • Comprovante de pagamento da Taxa de Vigilância Sanitária;
  • Certidão do Uso do solo vigente para atividade objeto de análise do LTA;
  • Anotação de Responsabilidade Técnica;
  • Cópia do cartão do CNPJ;
  • Projeto Arquitetônico em escala 1:100.

Vale destacar que o projeto arquitetônico precisa conter alguns pontos como as instalações, planta baixa, cortes longitudinais e transversais para se compreender a circulação das pessoas no local, produtos acabados, matérias primas e o fluxo das atividades realizadas.

Como emitir o LTA?

A emissão do LTA é feita pela Vigilância Sanitária do seu município. Assim sendo, você precisa primeiramente protocolar um processo junto à Anvisa, que é o órgão federal responsável pela Vigilância Sanitária.

Todavia, é preciso destacar que é fundamental que o edifício atenda as normas de exigência da Vigilância Sanitária, pois caso contrário você terá que fazer as adequações.

Lembrando que será crucial a juntada da anotação técnica que deve ser feita por um arquiteto ou engenheiro. Assim que você der entrada no processo, você receberá um número para acompanhá-lo.

Qual o prazo para emissão do Laudo Técnico de Avaliação?

Quem define o prazo para a emissão do documento é a Vigilância Sanitária do seu município. Portanto, não há um prazo definido.

Vale destacar, porém, que o estabelecimento só pode funcionar depois que esse laudo foi emitido, uma vez que ele é pré-requisito para a emissão da licença sanitária.

É de referir que sem esse Laudo, o seu estabelecimento não pode funcionar. Por essa razão, você poderá ser autuado e tomar até mesmo uma multa por conta disso. Nesse sentido, quanto antes você correr atrás dele, melhor.

Qual a melhor forma de emitir o LTA?

Por se tratar de um procedimento bastante burocrático, a melhor maneira de emitir o LTA é contar com uma empresa sólida que tenha profissionais capacitados.

Até porque, é preciso estar atento a todos os detalhes que forem solicitados. O ponto positivo é que existem empresas especializadas e prontas a ajudar você a economizar tempo e dinheiro.

E nós da PMC somos uma delas. Com uma vasta experiência no mercado, já ajudamos inúmeros empreendimentos a realizarem as adequações necessárias para ter o alvará da Vigilância no menor tempo possível.

Contamos com os melhores profissionais do mercado, e temos a certeza de que ajudaremos você nessa empreitada. Entre em contato conosco!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curtiu o conteúdo? Compartilhe!

Mais lidos

Inscreva-se em
nosso blog!

Inscreva-se em nosso blog!

Se cadastre em nossa Newsletter e tenha acesso em primeira mão, a todas as novidades do nosso blog!

Veja também

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.